...expressão local da filosofia Slow Food

sábado, 21 de agosto de 2010

Calendario Ecologico - Dia de combate à poluiçao

por: Slow Fulvio

O nosso Convivium com os alunos do 4° ano do Ensino Fundamental Municipal C.A.I.C. (Batatais-SP), participaram ao calendario ecologico em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente, a APAE e a Batea (Nucleo de Educação Ambiental da Fundação Lazzarini).


Nossa atividade teve como objetivo complementar temas ecologicos já abordados pelas professoras e informar as crianças sobre o que é poluição, seus males e as formas de controle e combate, além de sua estreita relação com a ação humana.


Focamos o bate-papo com as crianças sobre o lixo (residuo ou rejeito), sobre a importancia de reciclar, reutilizar e principalmente reduzir o consumo de produtos com embalagens não reutilizaveis. As crianças perceberam a importancia das proprias ações no cotidiano e o sentido da palavra responsabilidade individual.

Após a apresentação do tema em sala de aula (duas classes), nos dirigimos, com seis
representantes por sala, à praça do bairro para uma ação coletiva de limpeza.



A experiencia foi positiva, pudemos observar a cooperação e o entusiasmo que envolveu o grupo, um sentimento de colaboração que permaneceu mesmo quando as crianças misturando todos os tipos de residuos tiveram que selecioná-los novamente.

Concluido o mutirão voltamos para as salas de aula onde as crianças mostraram aos colegas o lixo coletado, contaram sobre a atividade, suas observações e sensações.

Em seguida, jogamos o lixo nos baldes de coleta seletiva da escola e nos despedimos das crianças com a esperança que elas possam transmitir aos familiares e à comunidade o quanto aprenderam sobre a importancia da coleta seletiva.








3 comentários:

  1. Fabiana Sanches de Oliveira27 de agosto de 2010 10:13

    Ai Fulvio quero comentar.
    O Marcos era o motorista do caminhão que atendia nossas lojas. Há um ano atrás pediu as contas e nunca mais soube dele. Semanas atrás ele veio visitar os colegas e fiquei espantada como ele estava transformado. Ele me falou "Agora Fabi, estou limpando a cidade", disse isso com um sorriso, mas muita coisa nele mudou. Resumindo, na companhia dele há 300 caminhões, cada um puxa 30 toneladas de lixo por noite. Quando ele chega no aterro, o caminhão despeja tudo dentro de uma montanha de lixo. Se a gente separou o lixo, mas deixou junto com o convencional. Não adiantou vai pro lixão. Ele disse que as coisas que ele viu lá nunca imaginou na vida, que a experiencia é muito forte e que vale muito a pena reciclar. Ele disse que ao contrário do convencional, o caminhão que puxa recicláveis hoje consegue levar pro deposito no máximo 100 kilos de lixo por noite. Então alguma coisa está errada, porque campanha tem, mas não está efetivo. Acho que muita gente ainda não entende muito bem onde colocar os recicláveis. Eu mesma ainda não entendo muito bem. Abração, Fabi

    ResponderExcluir
  2. Oi Fabi..obrigado pelo comentario!
    é importante a coleta seletiva sim!
    a minha cidade, Napoli, viveu e vive uma situaçao complexa enquanto aos residuos solidos urbanos, acho que me traumatizou!
    Batatais pode fazer muito, para que os residuos se tornem recursos, energia, compostagem, reciclagem, cidadania critica e consciente! mas antes de tudo..Reduzir!!!

    ResponderExcluir
  3. muito bem gente o mundo precisa de gente assim que ajude o planeta de cada 10 pessoas 7 jogão lixo na rua e apenas 3 catão e coloca no devido lugar.

    ResponderExcluir